Dados, ética e inteligência artificial

Os anseios pela proteção de dados pessoais tem movido os acadêmicos ao esforço na identificação de premissas para o uso consciente de decisões automatizadas. Em 2014 já eram ponderados que algoritmos não são isentos de subjetividade, ficção cuidadosamente construída, porquanto a seleção dos dados no processamento dos dados, é imprescindível no processo de aprendizado de…

O uso da Inteligência Artificial e o impacto na área jurídica

Um estudo recente realizado pela LawGeex analisou as habilidades de 20 advogados experientes e comparou com a Inteligência Artificial. A tarefa consistia em analisar os riscos contidos em cinco contratos de confidencialidade. O grupo participante incluía diretores jurídicos, advogados autônomos e associados de grandes empresas globais, como Goldman Sachs, Cisco e Alston & Bird. A…

Decisão que não analisa fundamentos de impugnação deve ser anulada, diz Carf

Decisão que não analisa fundamentos de impugnação deve ser anulada, diz Carf

É nula, por ausência de motivação, a decisão que deixa de analisar um dos fundamentos invocados pelo contribuinte em sua impugnação. O entendimento foi fixado pela 1ª Turma Ordinária da 4ª Câmara da 3ª Seção de Julgamento do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). No caso, o colegiado analisou um despacho que homologou parcialmente compensações de débitos de PIS e…